quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

USF1 mostra a que veio... para o fim do grid!

A USF1 já começa a especular sobre sua dupla de pilotos em 2010, e me desculpem alguns, começa muito mal.

A equipe disse que espera contar no primeiro e segundo ano com um piloto experiênte que possa passar informações rapidamente para a equipe e escolheu como nome ideal Rubens Barrichello.

Sem desmerecer Barrichello que foi um bom piloto (qualquer coisa além de bom é exagero) o tempo dele já passou (terá de 37 para 38 anos em 2010), não tem nada mais a contribuir para a F-1. Se formos um poucos realistas não contribuiu em nada, não ganhou títulos, não disputou 1 se quer pra valer e sai da F-1 como um Alesi, como Ralf Schumacher entre vários outros. Já está velho e seus melhores anos já passaram.
Montar uma equipe de F-1 e achar que um veterano vai ajudar é um pouco simplista, se precisa de dados nos testes basta contratar um bom piloto de testes com experiência na F-1. De La Rosa da Mclaren é um grande exemplo de que para acertar carro não precisa ser necessáriamente "piloto".

Outra pergunta que fica, se Barrichello sabe acertar carro então porque a Honda caiu tanto após sua chegada? A Ferrari continuou uma equipe de ponta... e olhando ainda mais atrás na sua carreira a Jordan evoluiujustamente depois que dispensou Barrichello, será que foi tudo coincidência?

O pior ainda foi a justificativa da equipe sobre a razão de Barrichello ser o nome certo, disseram que Barrichello seria o piloto certo porque andou dois anos atrás com a Honda e que Button embora fosse um bom nome iria querer andar sempre na frente e como a equipe é nova já ficaria satisfeita com um 14º lugar e comemoraria um 10º. Resumindo disse que Barrichello se sentiria satoisfeito apenas em ter uma vaga e que é piloto de se contentar em andar atrás, e de certa forma pode ter razão.ao longo de sua carreira já presenciei Barrichello comemorando várias vezes um 9º ou 10º lugar...

Nada contra Rubens Barrichello, mas achei que a USF1 queria ser algo maior do que apenas mais uma equipe no grid. Enfim figurantes para fazer volume também são bem-vindos na F-1.

Deixem suas análises!

15 Análises:

Glaucia,  25 de fevereiro de 2009 18:15  

Perfeito! Concordo com tudo que você disse. Barrichello já deu!

latueiro,  25 de fevereiro de 2009 19:24  

Análise f1, concordo também com o que escreveu!! Más....vamos análisar o outro lado da moeda? Ém tempos de crise financeira mundial...Equipe nova que ném saiu do papél direito. Orçamente aparenteménte pequeno. Num circo...onde até os grandes, estão tendo que se virar para se manter. Os próprios pilotos americanos cogitados até agóra? estão com um pé atráz. Sobra quém na fita....Barrichelo...Klien...Dela-Rosa, talvêz alguém se aventure? Di Grassi?? Grosjean?? R.Shumacher também não resolveria nada. Tá dificil meu amigo.

André S.,  25 de fevereiro de 2009 21:14  

Nunca vi um grande talento no Barrichello. Já está feio pra ele ficar de pires na mão esperando uma vaga. Perdeu várias oportunidades de se aposentar com dignidade, mas na verdade ele nunca se preocupou em ter dignidade na F-1.

Bem lembrado Análise, foi só mandarem o RB embora e logo a Jordan melhorou, bastou apenas o RB chegar na Honda que a equipe despencou até falir. Se a USF1 cometer o delírio de contratar o vovô Rubinho vai ter só uns dois anos de vida como na pior equipe do grid.

Abraço.

the jocker,  25 de fevereiro de 2009 22:03  

Com certeza Dixon e a Danica fariam a equipe vencedora rs por favor o que voce esta fasendo e de um jeito preconceito no meu ver, por ele ter certa idade nao pode competir na f1? mesmo tendo capacidade. Isso seria a mesma coisa que evitar a danica por ser mulher ou hamilton por ser negro, so que esse tipo de preconceito ja e "velho" o mais comum hoje e esse que voce acabou de demonstrar, e nao adianta diser que e por falta de vontade, por que o cara falou bem claro que ainda quer ser campeao mundial, e quanto aos "melhores anos dele ja passarao" pelo o que eu me lembre foi uma virada pra ele de 2007 em que button marcou 6 pontos e ele 0 e em 2008 onde button marcou apenas 3 e ele 11 e teria marcado mais de 30 se nao fosse os erros bruscos da honda. Nao sei se voce tem algo pessoal contra o Rubinho, vai com os humoristas que fasem graca dele sem base nehuma ou simplismente acha isso mesmo dele mas sera interessante se isso aconteca e botem ele ao lado de Dixon na mesma equipe sera que voce apostaria seu dinheiro no Dixon?

Luiz Fernando,  26 de fevereiro de 2009 09:17  

Acho q a crise financeira torrou o cerebro dos americanos. Rubinho??????? Q piada de mau gosto.

Don Corleone,  26 de fevereiro de 2009 09:36  

Barrichello who?

E quer saber? Colhe-se o que se planta. Barrichello hoje colhe a sua choadeira de anos e anos... a F1 não sentirá falta desse sujeito.

O Wanderson vai ter um "ataque" com esse post...

manu 26 de fevereiro de 2009 10:20  

Nada contra o Rubinho, mas está coberto de razão o Análise. Haverá criaturas de bom calibre, experientes o suficiente (se é isso q a equipe quer) e com uma idade razoável p/ se apresentar frente à equipe em 2010. Não sei quem, mas pode haver. E pode tbm não haver, pode ser q sejam pilotos novos usando a equipe como estepe p/ alcançar as maiores equipes. O tempo do Rubinho já foi, terminou de modo meio trágico, mas terminou. Não há volta.

Zuador,  26 de fevereiro de 2009 12:02  

Eh Don,vc tem razao,o cara alem de nao ter feito nada de significativo na f1 ainda desvalorizou-se muito sozinho,e falava em ser campeao do mundo(ataque de risos),nunca teve nem de longe ao menos a postura de um piloto campeao do mundo,ate q ele axo q ele tenha talento,mas nunca teve brio de campeao,nunca teve algo mais,e vai passa a vida inteira na a "se" eu tivesse feito isso,"se" acontecesse akilo,o pro eh q "se" nao existe.Seus fãs(deve ter uns dois ou tres) poderao se alegra com ele no golfe,isso se la num for segundao tbm,rsrs.Sou brasileiro e gosto de ver os pilotos braisleiros se dando bem,agora fazendo esse papel ridiculo,melhor seria ter pedido pra sair,como fez o escoçes.

Ron Groo 26 de fevereiro de 2009 13:39  

Eu não acho que eles venham pra andar no fim do grid, apesar do Barrichello.
Americano é obstinado e automobilismo é tão enraizado na terra deles como o futebol na nossa.
O problema é que a F1 tem outro clima e um outro tipo de competitividade e isto pode atrapalhar.
Outro problema é o fato de terem de adaptar algum destes pilotos cogitados a andar em circuitos mistos, já que a grande maioria dos pilotos estatunidenses são ruins de misto, indo bem só nos ovais.
De qualquer forma convém esperar já que por não estarem inscritos ainda na F1 podem usar este ano para testar e treinar a exaustão.
Abraço!

Análise F1 26 de fevereiro de 2009 13:44  

Olá Glaucia, Latueiro, André, The Jocker, Luiz, Don, Manu, Zuador e Groo. Tudo bom?

Latueiro, raciocínio correto no entanto Barrichello não é dos mais caros e nem dos mais baratos. Ganha em torno de 3 milh. por uma temporada extra pontos, poles e etc..

The Jocker, nada contra o Rubinho, em 3 temporadas para a Honda Barrichello marcou 36 pontos e conquistou apenas 1 pódio contra 65 pontos de Button (quase o dobro) 3 pódios (3 x mais!), 1 pole (o de barrichello) e 1 vitória (0 de Barrichello).
Em 2006 quando Rubinho chegou e o carro estava pronto ele ficou 26 pontos atrás de Button e viu o companheiro subir 3 vezes ao pódio e ele nada. Em 2007 quando a Honda foi "misteriosamente" pro fim do grid (lá Barrichello já tinha participação no desenvolvimento) Button se esforçou para marcar 6 pontos enquanto Barrichello zerou! Em 2008 novamente com um carro ruim Button perdeu mesmo a motivação e marcou apenas 3 pontos, Barrichello se motivou apenas para renovar contrato e correr mesmo que seja na última fila, Fez uma boa temporada mas nada de espetacular, fez 4 boas corridas que resultou em 11 pontos. É como Felipe Massa disse, correr no fim do Grid para quem ganhou corridas com uma Ferrari pra quê? Mas deixo claro que é apenas minha opinião e que respeito a sua!

Groo, já li entrevista em que eles disserão que não vão treinar este ano. Uma pena!

Abração a todos!

Batista,  26 de fevereiro de 2009 14:23  

Rubinho já era e que venha Senna novamente! hehe

Don Corleone,  26 de fevereiro de 2009 15:20  

Redação, tem mais uma agravante nisso tudo: quando acabou 2006, perguntaram ao Barrichello porque dele ter ficado atrás do Button e ele disse que era o carro de 2006 e ele não estava adaptado. Disse que seria melhr em 2007 porque fariam um carro mais ao seu estilo de pilotar. Deu no que deu...

P/ mim, independentemente do piloto, esse papo de adaptação é "desculpinha". Bota é bota em qualquer lugar, seja no kart ou na F1. Quando o sujeito é rápido, anda bem ou ao menos igual ao companheiro, não interessa o carro. Vide Hamilton, Vettel, Alonso e Raikkonen.

Anônimo,  26 de fevereiro de 2009 22:25  

....e o M.C. velho de guerra só diz isso: Quero ver estrear. Se o Redação( Seu Análise, pros intimos ) não fizer a besteira que Wandeco Marçal fez em apagar o histórico, ano que vem mando todo mundo voltar a data de ontem ! 25/02/2009. Não vai estrar porcaria nenhuma ! Marquetingue dá pior espécie ! Sou mais o carro de 6 rodas da Tyrrell ! HA ! Vai uma voltina nele, Redaçal ? http://www.youtube.com/watch?v=dchPW55k6pk Som de motor macho ! A F1 aviadou-se...né RONron ?

Anônimo,  27 de fevereiro de 2009 11:22  

......e Didi Abu Dabhi escreve : Aí, discípulo de Béo Tosé, não vai ser mole enfrentar o blábláblá de Ruimzinho Parriquelo se o Mano Brawn colocá-lo de volta nesta josta-monstro chamada Honda-MercedeZ( com z por que é produto paraguaio ). Fico ainda na esperança do nome e do pe$o da familia Senna.

Anônimo,  27 de fevereiro de 2009 11:26  

...Didi Abu Dabhi se corrige( não sei se é preciso...é um joguete de palavras pois haverá de ter um gordo na familia ): do pe$o do nome...HA !

  ©Template by Dicas Blogger.