quarta-feira, 20 de maio de 2009

Inscrições abertas para a nova F-1. Inscreva-se você também!!!


Max Mosley (que já encarnou Adolf...) resolveu dar uma de Karl Max e socializar a F-1. É proibido gastar, tipo assim, "o dinheiro é seu mas a regra é minha". Ditatorial, assim como qualquer governo socialista e assim como foi o regime nazista que mexe com a fantasia do presidente da FIA.

Sete equipes de 10 não querem o teto, mas o Mosley quer, dá licensa?

Deixa a Ferrari sair, que falta faz esse Fiat pintado de vermelho?

Fernando Alonso? Felipe Massa? Lewis Hamilton? Kimi Räikkönen? Quem são esses? Vamos fazer uma F-1 com Pantano, Sato, David e quem sabe a gente não pergunta se o Mosley não quer pilotar também. Imagina que chic, Max Mosley campeão mundial de F-1 pela "Sado-Racing". Quando ganhar ele pode até criar um símbolo que vai deixar a bandeira que Senna carregava no chinelo. Ele pode tirar um chicote do carro e chicotear os mecânicoa ao fim da corrida para comemorar.

Os horários dos GPs podem ser de acordo com o gosto de Ecclestone. Quem vai assistir essa nova F-1 mesmo?

Deixem suas análises!

13 Análises:

André S. 20 de maio de 2009 16:38  

Sem a Ferrari e sem os principais pilotos no grid eu paro de assistir a F-1 assim como muitos outros farão.

Esse Mosley é um ditador, e a decisão hoje em Paris foi uma palhaçada.

Don Corleone 20 de maio de 2009 19:47  

Sabe o que é o pior? Se o Barrichello corresse contra esses aí que você colocou, era capaz de ser vice de novo...

the jocker,  21 de maio de 2009 09:49  

aff quem ta ajindo como nazista e vc redacao era o hitler quem falava, os judeos vao faser isso e comunistas vao fazer isso e os democratas vao fazer isso e as pessoas escutavao e iam contra eles sem uma razao verdadeira como vc esta fasendo sobre a ideia de mosley que pra mim nao tem nada de mais em colocar um teto de orcamento a ferrari e mclaren so quer isso para poder continuar investido pesado e praticamente nao dar chances para equipes de menor esprecao, me diz redacao nao era vc quem estava reclamando da rotina continua de ferrari e mclarem? e agora que isso acontece vc reclama os chamando de nazista? alem de nao ter nada confirmado sobre se o cara e nazista e isso e uma organizao politica como qualquer outra, e se vc nao sabe os comunistas matarao mais pessoas que eles a diferenca e que foi feita uma propaganda "evil" muito maior para eles do que para os comunistas e o significado de nazista nao e de matar e ser racista isso foi introduzido pelo hitler nazista em si nao tem nada aver com isso asim como comunista tamben nao mas ate o que eu sei todas organizacoes politicas no mundo ja matarao nao?

Bruno Santos 21 de maio de 2009 10:23  

Perfeito texto, até linkei no meu blog...
Os bastidores políticos da F1 nunca me interessaram muito e agora ainda mais...é um verdadeiro circo.

Manu 21 de maio de 2009 14:22  

Isso aí Análise!
É complicado essa coisa. Já acredito q as 7 equipes q não aceitam o teto não estarão ano q vem na F1. E fazem bem em não voltar atrás.
Afinal, quem são aqueles pilotos q vc citou?

Eu não assistirei se tudo acabar mal como se planeja. Não terá a mesma graça, simplesmente.

Ron Groo 21 de maio de 2009 15:43  

A FOBA racing tean já está la...

Mas Analise, mesmo que a Ferrari saia, dificilmente vamos deixar de acompanhar a categoria. Nem que seja pra ver o barco naufragar.

B'Hengler@RR1 21 de maio de 2009 18:11  

É bom lembar que a briga com a FIA se resume à Ferrari... Renault e Toyota estão achando um pretexto para cascarem fora da F1... STR já está à venda faz tempo e não seria difícil de acreditar que entraria nessa onda, só que o dono ameaça com a RBR prá justificar e depois alega que vai reduzir custos e ficar só com a matriz, fechando a filia...

Acredito que esse oba-oba vai acabar logo e tudo não passará de um diz-que-diz...

Só que, caso a Ferrari cumpra suas ameaças, nada como o tempo para apagar as ferida... Os contratos da FIA com as TVs, os patrocinadores e os circuítos são longos, o que garante a renda para a categoria se recuperar de qualquer baque... Após algumas corridas em que a disputa fique com o Pantano, B. Senna, Sato e D. Patrick, vai estar cheio de caboclo correndo prá frente da TV prá ver quem ganha...

O tempo é cruel e aconteceria à Ferrari o mesmo que aconteceu com Pelé, Senna, etc... Novas gerações surgem todos os anos e mantém seu foco no que acompanham, indiferente ao passado...

PS: Vou tentar ganhar esse PS3 aí... Estou meio atrasado, mas...

Zuador,  21 de maio de 2009 18:25  

Esses cara tem q sair da f1,Mosley e Bernie tao demais ja,nam.Limitar custos tudo bem,mas esse teto eh inviavel. E concordo com O Don,mesmo com esses pilotos o Barrica era vice de novo,rsrs

Zuador,  21 de maio de 2009 18:25  

Esses cara tem q sair da f1,Mosley e Bernie tao demais ja,nam.Limitar custos tudo bem,mas esse teto eh inviavel. E concordo com O Don,mesmo com esses pilotos o Barrica era vice de novo,rsrs

Fabriel 22 de maio de 2009 06:31  

Olá amigo... Quanto tempo hein... Bom ao meu ver, se em 2010 for do jeito que está para acontecer é melhor mudar o nome para F-3... Tinha lido em outro artigo em até fazer subdivisiões de classes na Fórmula 1 como se fosse em campeonato de futebol. Série A e série B. =D (Seria melhor assim).

Gostaria de colocar um banner seu em meu blog, caso você não tiver e estiver interessado em colocar eu mesmo farei. e se puder colocar meu banner aqui também em seu blog seria legal... Assim iremos fazer uma parceria de sucesso, não achas?

Abraços e um ótimo final de semana!

Luiz Fernando,  23 de maio de 2009 12:30  

Ao invés de pleitear q não haja limite no orçamento das equipes p 2010, a Ferrari deveria pedir p q os treinos fossem sempre como em Monaco, quinta e sabado. Explico: provavelmente Kimi esgotou o conteudo de bebida alcoolica do principado entre quinta e sexta e se apresentou sobrio hj, daí o bom resultado. Primeira chance de podio pra Ferrari. Quem sabe não dá uma zebra e vencemos, o q é sempre emocionante.

Fernando Kesnault,  25 de maio de 2009 16:10  

Só digo uma coisa: Há profissionais competentes e equipes competentes no mundo automibilístico e tendo-se um campeonato sério com regras claras que se tenha um nível de competitividade bom, terá sucesso. Então é o seguinte: "A F-1 vive sem a arrogante Ferrari e a Ferrari quebra sem a f-1(ou pelo menos em dois anos deixa de existir se a FIAT asssim decidir."

  ©Template by Dicas Blogger.