domingo, 3 de maio de 2009

F-1 sem Ferrari.


Segundo Max Mosley a F-1 pode sobreviver sem a Ferrari.

Nesta conclusão, Paris pode sobreviver sem a Torre Eiffel, a copa do mundo de futebol seria bastante assistida sem Brasil, Alemanha, Argentina e Itália ao mesmo tempo...

Nem vou perguntar para vocês o que seria da F-1 sem a Ferrari e nem vou dizer minha opinião, seria uma pergunta boba e estaria aqui falando sem necessidade. Todos nós sabemos da importância da Ferrari para a F-1.

Deixo para vocês outra pergunta. A F-1 pode sobreviver por quantos anos mais aos mandos de Max Mosley e Bernie Ecclestone?
Deixem suas análises!

14 Análises:

Ron Groo 3 de maio de 2009 19:47  

Eu duvido um pouco que sobreviva. Ao menos vai perder mais da metade do interesse mundial sobre a categoria.
E duvido também que a Ferrari pense seriamente em sair.
Adorei a enquete ai do lado. vou responder e duvido que você adivinhe o que foi que escolhi...rsrsrs

Batista 3 de maio de 2009 22:14  

Essa bunda é a visão do inferno.

Sem a Ferrari a F-1 vira uma F-Indy e se a McLaren sair também ai vira uma DTM.

Carlos,  3 de maio de 2009 22:20  

Essa bunda é a visão do inferno. (II)

Boladão,  3 de maio de 2009 22:30  

Essa bunda é a visão do inferno. (III)

Ferrari é o sonho de consumo de qualquer um. Esse véi deve tá doido!

Cristiano do Popolog 4 de maio de 2009 15:00  

Olá Redação!!!

Vida pessoal é vida pessoal. O que o Mosley faz da dele não me interessa!

Alias, acho que o problema dos dirigentes da FIA e F1 é que ninguém do alto escalão foi piloto, pois muitas coisas seriam totalmente diferentes. Concorda!?

Até mais...

Manu 4 de maio de 2009 15:54  

Tbm duvido q sobreviva. Por N motivos sem parecer exagerada...

Abraços!^^

Manu 4 de maio de 2009 16:29  

Digo isso sobre F1 sem Ferrari... Mas qt a F1 sem Max Mosley e Bernie Ecclestone: Bem... Contanto q não sejam sucessores mais loucos q eles, pq já esgotaram por algumas maluquices ...
^^

Luiz Fernando/ LFerrari,  4 de maio de 2009 21:12  

Mosley tem uma cabeça similar aos q usavam os uniformes q ele ostenta nas bacanais. F1 sem Ferrari é como namoro sem beijo na boca, ou seja, pode até rolar, mas fica totalmente sem graça. Ele diz essas insanidades pq sabe q a Ferrari blefa qdo fala em sair, pois não é do interesse dela sair da sua grande fonte de propaganda. Domingo ver se a emagrecida de 15 kg e o difusor meia boca desenvolvido as pressas melhoram um pouco o desempenho da rossa. Minha pequena bagagem de F1 me diz q é muito improvavel reverter uma desvantagem dessa monta num curto periodo, ainda mais sem testes.

Anônimo,  5 de maio de 2009 16:59  

...e Picaretta, escreve: Claro, seria um baque nos primeiros anos de uma Paris sem a Torre Eiffel e as primeiras Copas do Mundo sem o Brasil na competição mas, vida que segue. Assim, a Ferrari, fora do mundial de F1, seria estranho as primeiras temporadas. Discussão tola. Aliás, nem discussão. Paris, a Copa e F1 sobreviveriam... Paris não é só a Torre do seu Eiffel, a Copa temos Argentina, Alemanha, Itália...E digo mais, italiano ferrarista( mesmo ! ) teria peito de sair da F1. A Ferrari depende da F1 ! Se por acaso saísse, não duvido nada que a ALFA Romeo voltasse ! Ha..... Assim como um engenheiro frances qualquer construiria uma nova torre um pouquinho maior prá ver a amada Parrí de Fernandô Kesnault....digamos algo assim com 1000 metros de altura ! E São Paulo, meu !, faria uma seleção para conquistar uma Copa do Mundo...com muitos estrangeiros, claro, como esse jogador carioca, meio gordinho, que joga no Ronalthians ......

Anônimo,  5 de maio de 2009 17:03  

...e Picaretta, volta por ter esquecido: Sobre homens que comandam.... Eles passam .... Estaremos livre do Lullalá daqui a 1 ano e 7 meses !

latueiro,  5 de maio de 2009 21:28  

Assim que saiu,essa reportagém...eu também dei os meus pitcos. Acompanho a f1 já a 30 e trá-lá-lá. Também pessei igual o Análisef1...a f1 sobrevivi sém a ferrari muito bém! Caso o a seleção brsasileira,não se classifique para a próxima copa do mundo de futebol? A copa acontecerá do mesmo jeito,mas???? A audiéncia e interesse dos patrocinadores,...vai lá embaixo! ou seja...prejuiso anuciado. Quanto aos colegas,que acham que a ferrari está blefando...também acho!! Mas agóra ganhou o apoio da BMW. A mclaren,já algúm tempo,só tém problemas com a FIA. E a renault,també anda meio bronquiada com a entidade e quém a comanda. O jeito é aguardar e ver no que vai dar. Não sou fã,da ferrari...mas não imagino uma f1,sém ela no grid.

Anônimo,  6 de maio de 2009 12:00  

...e Picaretta, escreve: especifique " trá-lá-lá " ! Considero o comentário de Latueiro falso ! Porque todos sabemos que há trinta anos se dizia: Trá-lá-lá tim bum ! TIM BUM ! Então, o senhorito Latueiro é um jovem, 18 anos no máximo, mora em Brasília( ao lado do supersonico Marçal ) e torce pela Renault de Alonso. E pelo Rorinthians de Conaldo, o bárbaro ! Assim não dá para permanecer escrevendo na sua area de comentários, Redação ! Assim não dá ! Despeço-me de todos e volto mais tarde !

Luiz Fernando,  6 de maio de 2009 13:50  

A vida é dura c todos. Acabo de ler q o filho de Max Mosley foi encontrado morto hj pela manhã, provavelmente em razão de uma overdose. Isso revela a dimensão dos desajustes na vida do presidente da FIA, alguns dos quais, possivelmente, colaboraram p este desfecho lamentavel. Q ele ponha a mão na consciencia e repense alguns aspectos de sua conduta, tanto na vida particular quanto no esporte.

  ©Template by Dicas Blogger.